Do Vale Online


A coroação de um trabalho de excelência

Participação no 12º Santo Ângelo em Dança rende mais de 20 prêmios ao Ballet Cultura e coroa o trabalho realizado há mais de 10 anos na cidade

ab67f595fbb6534e49e6d5a92b3bd296.jpg Foto: Divulgação

26 premiações. Isto foi o que o Corpo de Baile Municipal, do Ballet Cultura de Pomerode, trouxe na bagagem, após o 12º Santo Ângelo em Dança, realizado entre os dias 16 e 19 de agosto, no Rio Grande do Sul. Ao todo, o grupo foi ao festival composto por 28 bailarinos e apresentou diversas coreografias, muitas delas sendo premiadas. 

Para a coordenadora, professora e coreógrafa do grupo, Andrea Ianetta Hradec, a conquista de tantos prêmios aponta a qualidade do trabalho realizado com o grupo. “Eu amei, foi o primeiro festival que fomos e obtivemos tantas colocações em 1º lugar, também todos os duos, trios, quartetos e conjuntos obtiveram premiação. Isso significa que estamos no caminho certo e estamos crescendo e evoluindo a cada ano”, afirma. Todas as premiações conquistadas pelo grupo você confere no box, ao fim da matéria.

Andrea também conta que o grupo de Pomerode foi um dos destaques do festival, não só pelas premiações, mas pelas coreografias em si, que chamaram a atenção. A que mais fez sucesso no festival foi a dança alemã. “Ao iniciar a coreografia, a plateia já se manifestou e, durante toda a dança, aplaudiu, no ritmo da música. Após isso, uma das nossas bailarinas comunicou ao locutor que somos da cidade mais alemã do Brasil. Aí foi o mais bacana, pois o locutor deixou de chamar ao palco Ballet Cultura e chamava: ‘agora vamos apresentar a cidade mais alemã do Brasil’ (risos). Foi show, com uma baita divulgação da nossa cidade, nos sentimos acolhidos e percebemos o carinho que o festival tem com o nosso grupo”, relata a professora.

Outro ponto especial da participação no festival foi a presença das mães que acompanharam o grupo. Elas trabalharam muito para que tudo desse certo, segundo Andrea, choraram de emoção e vibravam a cada nova premiação. “Foram dias de emoção, que ficarão para sempre no nosso coração. Já estamos com saudades”, comenta.

Um outro destaque do Ballet Cultura do Festival foi Fransuê Kauã, que foi eleito o bailarino revelação, além de faturar mais quatro primeiras colocações e dois segundos lugares.

Para o menino, obter estas conquistas fazendo o que gosta, representa uma grande emoção. “Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a Deus, pois sem Ele nada seria possível; e em segundo, agradeço minha professora, Andréa, que a cada dia me apoia e propõe novos desafios; e, também, aos meus pais. A emoção da conquista de tantos prêmios é algo inacreditável, fruto de dias e dias, meses e meses, anos e anos batalhando para um resultado melhor”, ressalta.

Por fim, a coordenadora do projeto agradece aos apoiadores do Ballet Cultura, que tornam possíveis todas as conquistas do grupo, como a Prefeitura Municipal de Pomerode, Fundação Cultural de Pomerode, Farmácia Farmalan e imprensa.

“Chegamos em Pomerode cansados, realizados e com a bagagem cheia de prêmios. Agradeço aos bailarinos, aos pais e à nossa equipe, que merece nota dez”, finaliza Andrea. 

1º Lugar

- Amigos de Fachada; 
- Namorados; 
- Fluindo no tempo; 
- Lá Fille Mall Gardee; 
- Deu Pane no Quebra Nozes; 
- Bonecas de Corda; 
- Silêncio; 
- Bonecas Peladas...não;
- Bora ir a Oktoberfest.

2º Lugar

- Moranguinho; 
- Quebra Nozes; 
- Harlequinade; 
- Brincando; 
- Lá Fille Mall Gardee; 
- A Filha do Faraó; 
- A morte do cisne; 
- Amigas de Clara; 
- Cupido; 
- Dança Russa.

3º Lugar

- Oceano e as pérolas;
- Lá Bayadere;
- Fada Candide.

Outros prêmios

- Melhor coreografia (categoria sênior, conjunto dança contemporânea) - Silêncio;
- Bailarino Revelação: Fransuê Kauã.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 4 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • cc722126609d697e6323ab33b24ea4eb.jpg