Do Vale Online


Futebol aliado a muita diversão

Foi um sábado onde a diversão foi o principal ingrediente. No fim de semana passado, dia 13 de abril, a localidade de São José, ao lado do Corpo de Bombeiros, recebeu a 7ª edição do Futlama, evento organizado pelo grupo Rumspringa.

af15208c2a9c3b381b75ce1342778f92.jpeg Foto: Divulgação

Foi um sábado onde a diversão foi o principal ingrediente. No fim de semana passado, dia 13 de abril, a localidade de São José, ao lado do Corpo de Bombeiros, recebeu a 7ª edição do Futlama, evento organizado pelo grupo Rumspringa e que já se consolidou no calendário esportivo e cultural da cidade de Rio dos Cedros. Cerca de 450 pessoas prestigiaram as equipes que, dentro de um campo especialmente preparado, em uma arrozeira, tentavam mostrar o seu melhor “futebol”.

No local, conhecido como “Lamaçal do Bertoldão”, houve completo serviço de bar e cozinha, com o delicioso chope Opa Bier, além da narração dos jogos, que ocorreram nos naipes Masculino e Feminino. As condições climáticas favoreceram as disputas, que foram recheadas de muitos tombos, lama e gargalhadas.

Após grandes confrontos, o Maré Mansa foi o grande campeão de 2019, com o Cetisa ficando na vice-colocação e o Formigas na Lama faturando o bronze. Ainda participaram Rio Ada, Jaraguá Emigrantes, Raspa Canela, Rumspringa, Bar Sem Lona, Copo Na Mão, Bola No Pé e Alcatéia da Lama. Neste naipe, o artilheiro foi Djonatan Satto e o goleiro menos vazado, Gustavo Dias.

Já pelo lado das mulheres, quem se deu bem foi a equipe da Barcelama, que venceu o 07 Avenida e ficou com o primeiro lugar. Quem balançou a rede mais vezes foi a atleta Kaline Bertoldi; pelo outro lado, Joice Santos foi a melhor arqueira da competição.

A organização ficou muito satisfeita com mais essa promoção. “Em nome do Rumspringa, quero agradecer, primeiramente, a Deus, pelo espetacular dia de sol que nos proporcionou. Também, às equipes participantes e, principalmente, a todos que compareceram, curtiram, riram e torceram pelos times. Ficamos surpresos e extremamente agradecidos por essa ‘brincadeira’ cair no gosto de todos, desde crianças até pessoas com mais idade”, enfatiza Gislei Fernando Oss-Emer, um dos organizadores.

Ele também ressalta a evolução do evento, ao longo desses seis anos. “Sempre queremos melhorar. Por exemplo, esse ano, colocamos dois caixas, a fim de evitar filas. E tínhamos três chopeiras, graças à parceria com o Opa Bier. E ano que vem, teremos ainda mais novidades”, finaliza.



Tags:
Veja também:
Galeria de fotos: 3 fotos









Mais vistos

Publicidade

  • cc722126609d697e6323ab33b24ea4eb.jpg