Do Vale Online


Tarifa de energia elétrica sofrerá reajuste médio de 13,86%

O aumento na conta de luz é baseado em anúncio feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o Reajuste Tarifário Anual da Celesc Distribuição

07b972c3415d272f86c4aa63430ba396.jpg Foto: Cláudio Costa/Aconteceu em Jaraguá do Sul

A conta de energia elétrica em Santa Catarina terá um reajuste médio de 13,86% a partir do dia 22 agosto, de acordo com o que anunciaram as Centrais Elétricas do estado nesta segunda-feira, 13.

Os consumidores residenciais, que recebem baixa tensão e representam 78% de pontos de energia, terão um aumento de 13,15% na conta de luz. Já para estabelecimentos que utilizam alta tensão, como indústrias e shoppings centers, o aumento será de 15,05%.

De acordo com a Celesc, a elevação de custo com encargos setoriais, cuja variação foi de 21,44%, entre agosto de 2017 e julho de 2018, impactou no cálculo do reajuste.  As Centrais disseram também que houve impacto ainda do custo da compra de energia, que sofreu variação de 11,06% no mesmo período. Esses valores representam, respectivamente, 4,77% e 5,08% na composição do Efeito Médio de 13,86%.

Ainda impactaram no reajuste, os componentes financeiros, sendo que a maior parte é relacionada a despesas com compra de energia no ciclo tarifário anterior. A Celesc afirmou que a tarifa paga pelo consumidor deve cobrir custos de geração, transmissão, distribuição, encargos setoriais e impostos.

O aumento na conta de luz é baseado em anúncio feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para o Reajuste Tarifário Anual da Celesc Distribuição.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • cc722126609d697e6323ab33b24ea4eb.jpg